27 de fevereiro de 2015

O amor em uma borboleta azul - Resenha de "Álbum de Casamento", de Nora Roberts




Título: Álbum de Casamento
Autor: Nora Roberts
Tradução: Janaína Senna
Editora: Arqueiro
280 páginas
Livro 1 da série "Quarteto de Noivas"

Olá pessoal!

Antes de começar a resenha de hoje, vou dar uma dica para você, leitor que diz que não tem tempo suficiente para ler, e que depende de médico no SUS. Leve seu livro para a fila do SUS! pois foi hoje, na fila do médico, que eu terminei de ler este lindo livro de Nora Roberts, que é o primeiro da série Quarteto de Noivas.

Sinopse: Quando crianças, as amigas Parker, Emma, Laurel e Mac adoravam fazer casamentos de mentirinha no jardim. E elas pensavam em todos os detalhes. Depois de anos dessa brincadeira, não é de surpreender que tenham fundado a Votos, uma empresa de organização de casamentos bem-sucedida. Mas, apesar de planejar e tornar real o dia perfeito para tantos casais, nenhuma delas teve no amor a mesma sorte que tem nos negócios. Até agora. Com várias capas de revistas de noivas no currículo, a fotógrafa Mac é especialista em captar os momentos de pura felicidade, mesmo que nunca os tenha experimentado em sua vida. Por causa da separação dos pais e de seu difícil relacionamento com eles, Mac não leva muita fé no amor. Por isso não entende o frio na barriga que sente ao reencontrar Carter Maguire, um colega de escola com o qual nunca falara direito. Carter definitivamente não é o seu tipo. Professor de inglês apaixonado pelo que faz, ele cita Shakespeare e usa paletó de tweed. Por causa de uma antiga quedinha por Mac, fica atrapalhado na frente dela, sem saber bem como agir e o que falar. E mesmo assim ela não consegue resistir ao seu charme. Agora Carter está disposto a ganhar o coração de Mac e convencê-la de que ela é capaz de criar suas próprias lembranças felizes.

A série conta a história de quatro amigas, que fundaram uma empresa especializada em casamentos. O primeiro livro é dedicado à história da fotógrafa Mackensie Elliot. Acostumada a fotografar casamentos, não tem tão boa opinião assim sobre essa relação. Tendo sua mãe como exemplo de casamentos fracassados, ela acha que inevitavelmente, todo relacionamento que vá muito longe, acabará em desastre como os de sua mãe.

"Ser feliz para sepre talvez fosse conversa fiada, mas ela sabia que queria tirar mais fotos de momentos que fossem felizes. Porque, assim, eles permaneceriam para sempre." 

Eis que em seu caminho surge Carter Maguire, hoje professor, e que antes era apenas um garoto nerd na mesma escola que ela e que tinha uma quedinha por aquela garota ruiva de olhos fascinantes. Carter retorna à cidade para lecionar na antiga escola onde foi aluno e, ao participar da preparação para o casamento de sua irmã, reencontra Mackensie e descobre que aquela "quedinha" é na verdade um verdadeiro tombo, pois basta um encontro para ele saber que todo aquele sentimento ainda está ali, somente à espera dela.

Mac reluta em aceitar seus sentimentos e como já está acostumada a fazer, procura todos os obstáculos possíveis para fugir de uma relação mais séria. Porém Carter esperou uma vida toda e está disposto a esperar mais um pouquinho, pois tudo vale a pena para conquistar a mulher que sempre amou.

"Cara Mackensie,
Quero pedir desculpas pelo meu comportamento inadequado na noite de 4 de janeiro. Meus atos são indesculpáveis e estou profundamente arrependido.
Um abraço, 
Carter.

Tinha como ser mais formal e estúpido?"

Vou falar mais o que? A-DO-REI! Já estava paquerando esta série há algum tempo, e quando passei na biblioteca para dar um oi pro pessoal e vi ele ali, todo lindo, novinho, recém chegado, tive que trazer ele para casa. Mesmo com os 700 mil livro que me esperam na estante, eu não resisti. 

Adorei a Mac, Emma, Lauren e Parker e sua amizade incondicional e o jeito como fazem sua empresa dar certo. Mas nesse livro me encantei principalmente pelo Carter. Ele é muito fofo!!!
Como não amar um cara que ama a mulher desde o colegial e volta disposto a conquistá-la e ensina Jane Austen para seus alunos? Não tem como não amá-lo. Fofo demais!

"Ninguém se apaixona por outra pessoa tomando um café com leite, Carter. Confie em mim."

Sem contar o fato de que adoro os livros da Nora, o jeito que ela escreve e como ela é capaz de causar arrepios na gente e fazer a gente torcer muito pelo casal. 

É um ótimo livro, dá para ler bem rapidinho - a fila do médico que o diga - e enfim, agora estou torcendo para chegar na biblioteca e ver o resto da série me esperando por lá. Muito curiosa para saber o que o destino reserva para a sedutora florista Emma, para a organizada administradora Parker e para a carinhosa confeiteira Lauren. O próximo livro se chama "Mar de Rosas" e tem Emma como personagem principal. Então continuem de olho, porque logo, logo pinta resenha dele por aqui.

"O amor e a inteligência não andam lado a lado"

Por enquanto é só! Até a Próxima!!

16 de fevereiro de 2015

Romance e mistério na medida certa - Resenha de "Deslumbrante", de Madeline Hunter

Fonte da imagem: Leitura Maravilhosa



Título: Deslumbrante (Ravishing in Red )
Autor: Madeline Hunter
Tradução: Ana Alvares
Editora: Leya
392 páginas
Livro 1 da série "As Flores Mais Raras"

Sinopse: Numa época em que a reputação de uma mulher é o seu bem mais precioso, Audrianna desafia todas as convenções. Ela é uma jovem determinada, independente - e disposta a tudo para aniquilar o seu adversário, o convencido Lord Sebastian Sommerhayes. Entre os dois está um homem - o pai de Audrianna, que morreu envolto nas malhas de uma conspiração. Para ela, essa tragédia significou o fim da sua inocência. Para Sebastian, que liderou a investigação, foi apenas uma morte merecida. Audrianna jurou limpar o nome do pai, mas nunca esperou sentir um desejo tão avassalador pelo homem que o arrasou. A busca pela verdade vai levá-la demasiado longe numa sociedade que é implacável perante a ousadia feminina. Ao ver-se mergulhada num escândalo que pode ser fatal, Audrianna tem apenas uma inconcebível opção.

Fui ler "Deslumbrante" porque ganhei o segundo livros da série e tive que procurar o começo dela. nunca tinha lido nada da Madeline Hunter, e só posso dizer que gostei bastante do estilo dela de escrever. A leitura flui facilmente e é muito envolvente, tanto no romance quanto na pate de mistério e suspense.

A história gira em torno de Audrianna, que parte em busca de justiça, após seu pai cometer suicídio por ter sido acusado de algo que não fez. Seu alvo é  Lorde Sebastian Sommerhayes, o responsável pela investigação que acabou levando à acusação do pai de Audrianna. Em meio à sua busca por respostas, os dois acabam presos em uma situação constrangedora, que pode arruinar a reputação dela e atrapalhar a investigação. Desse modo, as circunstâncias acabam empurrando estes dois a um casamento forçado e uma parceria em busca do verdadeiro culpado.

Gostei bastante do livro, embora algumas partes tenham sido mais lentas, mas nada que atrapalhe a leitura ou te faça ter vontade de desistir. As duas tramas - o romance e o mistério - são muito bem desenvolvidas, o que acaba te prendendo do começo ao fim. 

Vale ressaltar a relação entre Sebastian e seu irmão, o marquês, que sofreu um  acidente na guerra e voltou sem poder andar. Por isso, Sebastian acaba por ser "as pernas" do irmão e representá-lo nas importantes reuniões e ser sua voz nas decisões a serem tomadas. Por causa disso ele se sente preso a essa função que não queria, mas ao mesmo tempo, tem um carinho imenso pelo irmão.

Audrianna é a típica mocinha de romance de época, aquela que é à frente de seu tempo, não vive totalmente de acordo com as convenções e determinada, busca justiça por acreditar na inocência de seu pai, mesmo quando todas as provas vão mostrando o contrário.

A aproximação dos dois é muito interessante. Começa é claro, com aquela repulsa, por ele ser o culpado de acusar seu pai, mas depois o charme e a atração se tornam inevitáveis e os dois se rendem. Gostei muito da forma irônica como os dois se falam algumas vezes.

Enfim, para quem gosta de romance de época, está aí um prato cheio.
Logo, logo parto para o livro 2. São quatro nesta série.

Leia e divirta-se!

Até a próxima!

12 de fevereiro de 2015

Nova Parceria - e mais um livro na minha lista infinita! Laís R. de Oliveira e Primeiras Impressões

Olá gente!

Após uma semaninha afastada, volto com uma notícia quentinha!

O blog tem uma parceria nova! Uhuuuuu

Trata-se de Laís R. de Oliveira (LRDO), autora nacional que escreveu um livro baseado no seu, no meu, no nosso amado "Orgulho e Preconceito, de Jane Austen.

Eu descobri este livro em minhas xeretadas na internet, e como não poderia ser diferente, enlouqueci. Falou Mr. Darcy para mim, é hipnose na certa! Tratei então de descobrir o site da autora e entrar em contato com ela, que prontamente me respondeu e eis que o livro, lindo, por sinal, chegou hoje e eu vim correndo contar para vocês.
Olha que capa maravilhosa:

A foto não tá lá essas coisas porque tirei com meu celular, então...



E olha que dedicatória fofa:




Enfim, o livro vai ficar aqui na pilha (esta pilha aqui), e provavelmente vai passar na frente de alguns, mas logo, logo, teremos a resenha dele aqui no blog.

Só posso dizer que eu li a prévia que a Laís me mandou por email e adorei. É bem daquele tipo de leitura que prende e, pelo que vi aqui, quando eu parar para lê-lo vai ser instantâneo. Vou ler muito rápido e vir aqui contar para vocês.

Quem quiser saber mais um pouquinho sobre a autora e o livro, clique aqui.

Por enquanto é só!
Até a próxima!








11 de fevereiro de 2015

Resenha: "After" - Anna Todd



"Sinto como se ele fosse fogo e eu gelo. Somos completamente diferentes, mas ardemos da mesma forma."


Uma citação desse romance postada numa página do facebook foi o suficiente para que eu fizesse uma busca desenfreada no tio Google. E eis que faço algumas descobertas: 1. "After" nasceu de uma fanfic publicada inicialmente no whattpad. 2. Os personagens foram inspirados nos integrantes da banda One Direction. 3. A série (de 4 livros) vai virar filme e está sendo comparada à histórias como "Crepúsculo" e "Cinquenta Tons de Cinza". 4. O primeiro livro foi lançado no Brasil em outubro do ano passado. Qual que é a dessa história e por que tanto sucesso (eu esqueci de dizer que enquanto fanfic, ela contou mais de 6 milhões de acessos)? Foi exatamente essa a pergunta que me fiz, e juntando a curiosidade com o fato de ter gostado da citação, lá fui eu mergulhar na intensa e complicada vida de Tessa e Hardy.

Theresa Young, ou Tessa como ela prefere ser chamada, tem 18 anos e acaba de entrar pra faculdade. Sua chegada no dormitório do campus da WSU é meio que chocante para ela, sua mãe e seu namorado Noah. Tessa é completamente diferente de Steph, a garota de cabelo vermelho, maquiagem e roupas extravagantes, com quem ela dividirá o quarto. Não bastasse isso, ela pertence a uma turma de garotos cheios de piercings e tatuagens. Tessa fica tensa logo de cara, mas rejeita a insistência da sua mãe que tenta fazê-la trocar de dormitório. O que a garota não sabia é que permanecer junto a Steph mudaria completamente a sua vida.

Seguinte, gente. "After" começa de uma forma previsível em alguns aspetos, sabe? Digo, logo de cara percebemos que o namoro de Tessa e Noah não vai durar muito tempo no desenrolar da história. Apesar de querer mostrar que eles são aparentemente perfeitos um para o outro, Anna Todd não conseguiu (ou não quis) esconder que Tessa e um dos amigos tatuados de Steph formariam o casal protagonista do romance. E aqui eu me refiro a Hardin.

Hardin inicialmente nos é apresentado como um típico bad boy: Sarcástico, debochado e presunçoso. Os santos dele e de Tessa não se batem desde o primeiro momento. E, isso, vamos combinar, já nos dá uma ideia do desenrolar da história, pelo menos entre eles dois. A jovem certinha e o garoto problema. Meio clichê, né? Acontece que a previsibilidade da história para justamente aí, pois Anna Todd dá um direcionamento completamente surpreendente e, as vezes até irritante, no que diz respeito ao comportamento e aos sentimentos do casal. Tessa perde aquele quê de menina centrada, à medida que se vê envolvida pelo garoto bad boy. E, ele, Hardin, nos faz perceber que todo presente é literalmente fruto de um passado, e que as experiências de uma criança quase sempre moldam o adulto que ela será no futuro. 

Eu queria muito poder falar mais sobre esse livro, mas se o fizer vou acabar deixando escapar detalhes da história que tirarão toda a graça se forem lidos antes de você conhecer realmente o romance intenso vivido por Theresa Young e Hardin Styles. O que posso dizer, então?

Bom, prepare-se para se surpreender, amar e odiar, tanto a Tessa, quanto o Hardin. Ela é a mocinha do romance, então de certa forma você se identifica e torce por ela, mas passa a detestá-la nos momentos em que ela não percebe que está na cara que Hardin se mostra arredio e indiferente quando os amigos da fraternidade estão por perto. E quanto a ele, bom, você aos poucos descobre o porquê do seu jeito bad boy, e acaba percebendo que por trás da fachada grosseira, existe um cara inseguro porque se descobriu completamente apaixonado pela garota que ele pensava detestar. O problema é que todo o encanto que esse personagem desperta aos poucos em você vai por água a baixo quando descobrimos o quanto ele foi horrível e cruel com a garota que o amou incondicionalmente.

É isso gente... Confesso que estou doida pra ler a continuação do primeiro livro, mas ainda não encontrei uma tradução bacana no tio google. Assim, aproveito o fim do post e dessa pequena resenha pra pedir uma ajudinha: se vocês encontrarem a versão traduzida do "After 2 - Depois da Verdade", passem aqui e me dêem um help, please! Thank's!! Bye bye!!! Beijos!!

Malu  

4 de fevereiro de 2015

O Que Vem Por Aí - Próximas Leituras - By Malu

Hey, gente!

Pegando o embalo da Ju (ela é sempre genial na diversificação dos post's!), venho trazer pra vocês minhas possíveis e próximas leituras. Digo possíveis porque vez e outra acabo dando prioridade a um título que nem estava na minha fila - cada vez maior - de livros a serem lidos. Vamos lá??? :)


Inferno - Dan Brown: Esse livro está na minha estante já tem um tempão, mas apesar de conhecer e amar as histórias do autor, eu ainda não senti aquela "coisa" me atraindo pra ele. Acho que porque, talvez, eu esteja numa fase mais voltada pros romances da vida, sei lá. Vou ver se consigo lê-lo esse mês, porém. Vou tentar, pelo menos! rs

Uma longa Jornada - Nicholas Sparks: Ganhei esse livro no mês passado, e venho planejando começar a lê-lo desde então. O problema é que ele me chegou justamente quando enchi o meu celular de livros em pdf's, daí não tem dado outra. Lí outros trocentos e ele que é bom, ainda não.

Tudo de novo - Vanessa Oliveira: Paaaraaa tudo porque esse livro tem história!!! Sabem quando você vai a um show da sua banda preferida, e no início tudo começa a dar errado, mas que uns 10 minutos antes dessa banda entrar no palco você percebe que o que deu errado foi justamente a coisa que fez o show dar certo pra você? Pois foi exatamente isso que me fez ganhar a biografia oficial do Roupa Nova das mãos do próprio Feghali. :D Preciso dizer que adorei??!

Outlander - Diana Gabaldon: Como a Ju, eu também tenho esses dois à minha espera. Quer dizer, só um  deles (o Outlander - A libélula no âmbar), uma vez que o Outlander - A viajante do tempo eu já estou prestes a terminar. E, o que posso dizer a respeito? Bom, é uma história fascinante!!


Enfim, são  esses os livros que vou tentar priorizar esse mês. Nos últimos três dias li "Perdida" e "Encontrada" e agora estou lendo (pelo celular) "Procura-se um marido", todos estes da Carina Rissi.  Como a Ju já resenhou os três aqui no blog, só vou reiterar a opinião dela: a Carina é fantástica! "Perdida" e "Encontrada" são dois livros com uma história perfeita! Ian e Sofia entraram pra minha galeria de personagens preferidos! ♥

É isso, gente! Beijo!!!

Ps; Já já tem resenha por aqui, ta?